como aumentar a rentabilidade de empresas

Como aumentar a rentabilidade de empresas de motoboy através da tecnologia

Muitos empresários do setor de entregas expressas não conseguem entender o fato de não estarem tendo bons resultados financeiros, mesmo vendo sua frota sempre rodando “ocupada” no dia a dia. Vou mostrar neste artigo de forma breve como aumentar a rentabilidade de empresas de motoboy através de novas tecnologia de gestão operacional de frotas.

Como aumentar a rentabilidade de empresas de motoboy: a fórmula do lucro

Nas empresas de entrega rápida que conheci, muitas vezes vi a conquista de novos contratos de entregas não vir acompanhada de maior lucratividade para o negócio. Já lhe aconteceu isto também em sua empresa?

Para atender os novos contratos, a maior parte dos empresários do setor acabam por realizar investimentos para aumentar sua frota, comprando ou alugando veículos, às vezes até se endividando para conseguir atender seus clientes. Dessa forma, junto com o aumento de receita proveniente desses novos contratos, também vêm os custos de aquisição e manutenção desses novos veículos. O lucro que esperava vir com os novos contratos vai para o bolso de outros, e fica a sensação de que sua empresa trabalha mais sem sair do lugar.

Pra entendermos para onde vai o lucro da empresa, vamos lembrar que os resultados financeiros surgem de uma fórmula simples e conhecida por todos os empresários:

Lucro = Receitas – (Custos + Despesas)

Como aumentar a rentabilidade de empresas de motoboy
Como aumentar a rentabilidade de empresas de motoboy

 

Considerando isto, para aumentar os lucros e a rentabilidade, há apenas três possibilidades:

1) Aumentar as receitas e manter o patamar de custos,

2) Reduzir os custos e manter o patamar de receitas,

3) Aumentar as receitas ao mesmo tempo em que os custos são reduzidos (este seria o melhor cenário).

Para pensarmos sobre as receitas, vamos considerar por um momento a demanda que o setor de entregas expressas tem no Brasil.

O setor de entregas expressas e os motoboys no Brasil

Sem dúvida, o setor das entregas expressas é um dos pilares da logística no país. As cidades brasileiras, de modo geral, cresceram sem o devido planejamento para uma eficiente logística de entregas. Congestionamentos, vias inadequadas, trânsito desorganizado, dificuldades de estacionamento, falta de treinamento e educação dos motoristas são apenas alguns exemplos disso. Além disto, o atendimento de demandas urgentes exige a flexibilidade que só as empresas de entregas rápidas podem oferecer.

Nesse contexto, as empresas de motoboy possuem um diferencial competitivo na entregas de pequenos volumes. As motos são os veículos mais adaptados para o cenário das grandes cidades. São mais ágeis nos congestionamentos e fáceis de estacionar, o que facilita os deslocamentos e as inúmeras paradas durante as entregas. A moto também é mais econômica no consumo de combustível e de aquisição mais barata, em comparação a carros, vans e caminhões. Também possui menor custo de manutenção, por conta do valor mais baixo das peças e da simplicidade dos equipamentos.

Com isto, o serviço oferecido pelas empresas de motoboy é hoje insubstituível. Apesar disto, a ineficiência em processos operacionais faz com que o lucro das empresas vá embora sem que se perceba. Penso que o melhor exemplo de custo oculto são as viagens vazias.

Backhaul e os custos das viagens vazias

Você sabe, é normal os veículos rodarem muito tempo sem carga, vazios, principalmente no retorno para a base. Nos EUA, a busca por oportunidades de minimizar o transporte vazio deu nome ao conceito de backhaul, termo também bastante usado na logística.

Quando os veículos transportam alguma carga, é porque isto traz algum valor para alguém. No caso do transporte vazio, ninguém está pagando sua empresa por isso. Pra compensar isto, muitas empresas embutem os custos da viagem vazia no custo da viagem cheia, tornando o serviço mais caro para seus clientes e diminuindo a competitividade diante da enorme concorrência.

Situações desse tipo são encaradas como parte do negócio – um mal necessário. A grande questão é que, durante a volta vazia, o veículo gera praticamente os mesmos custos da viagem de ida – gastos com combustível, pneus, peças, salário do motoboy, etc. Com isso, a rentabilidade é “sugada” por esses custos ocultos.

Felizmente, isto pode ser resolvidos com a ajuda de novas tecnologias. Chegou a hora de falar sobre as soluções que já estão disponíveis para as empresas express.

Aumentando a capacidade de serviço da frota

A tecnologia de geolocalização permite identificar o local exato de qualquer coisa, desde que esteja interligado a um dispositivo GPS. Isto abriu possibilidade para que empresas de entregas expressas possam buscar novas coletas de carga próximas ao local onde terminou a última viagem cheia.

O resultado é uma melhor gestão da frota, com a redução das viagens vazias e o aumento na capacidade de entrega, sem ser necessário investir em novos veículos. Lembrando a fórmula do lucro, esta é a situação ideal para o aumento da lucratividade, ao trazer ganhos na capacidade de serviço da frota ao mesmo tempo que reduz custos operacionais.

Sabe que grande empresa já aplica isto com sucesso? Acertou se lembrou da Uber. Para quem não conhece, saiba que a Uber oferece serviços similares aos de táxi a preços mais baixos e de forma mais satisfatória do que oferecido antes. Um dos motivos disto é que eles trabalham com custos operacionais enxutos em comparação com as empresas de táxi, com poucas viagens vazias, graças ao aplicativo com tecnologia GPS que conecta o cliente ao motorista mais próximo.

Não seria bom se sua empresa de motoboy pudesse modernizar suas operações de entrega de maneira parecida? A boa notícia é que isto já é possível hoje, graças a plataforma de automatização de operações de entrega da Motoboy.com.

Como aumentar a rentabilidade da sua empresa com gestão operacional

 A Motoboy.com oferece uma plataforma completa para automatizar as operações de entrega de empresas de entregas rápidas. Seu sistema de gestão operacional usa a tecnologia GPS para encaminhar automaticamente o veículo disponível mais próximo ao local do serviço. Os pedidos chegam digitalmente aos motoboys e motoristas certos sem nenhum atendimento telefônico, o que também significa economia com telefonia e equipe de atendimento. Com a plataforma, também é possível gerenciar e monitorar todas as entregas e a localização dos veículos em tempo real.

Os seus clientes, por sua vez, conseguem fazer orçamentos, pedidos de entrega e também acompanhar o veículo em tempo real, através do computador ou aplicativo no celular. A praticidade de fazer pedidos sem usar o telefone e monitorar a entrega gera confiança, previsibilidade e credibilidade do serviço. Não é surpresa que as empresas que adotaram essa modernização em suas operações são as que estão mais crescendo no mercado atual.

O uso da tecnologia traz para as entregas rápidas a possibilidade de atender mais pedidos, sem aumentar, na mesma proporção, seus custos operacionais, resultando em mais rentabilidade para os negócios. Melhor ainda, cortando custos com atendimento telefônico e permitindo melhores resultados financeiros com menos investimento na operação.

Para saber mais

Ficou interessado em saber mais sobre como aumentar a rentabilidade de empresas de motoboy com a tecnologia de gestão operacional de frotas da Motoboy.com? Clique em “Saiba mais” logo abaixo e cadastre sua empresa express para receber mais informações.

saiba mais

Gustavo Barbosa – Diretor de Operações da Motoboy.com Graduado em Adm. pela UFBA, MBA em Logística Empresarial pela FGV – SP, especialização em Marketing pela UNE – Austrália e Administração pela UC – Espanha

One thought on “Como aumentar a rentabilidade de empresas de motoboy através da tecnologia”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *